sábado, dezembro 18, 2010

Em casa onde não há pão...

Um amigo meu costuma dizer que os governos portugueses caem por falta de dinheiro, não é o que costumam dizer os comentadores políticos mas a verdade é que isso sucedeu com os governos de Cavaco Silva e com o governo de António Guterres e mesmo com o de Pedro Santana Lopes. Por coincidência, nos três momentos em que tal sucedeu a uma quebra da receita fiscal, habitualmente atribuída à conjuntura económica, houve grandes responsabilidades do ministério das Finanças na gestão do fisco.

Cavaco Silva e Durão Barroso contrataram directores-gerais incompetentes, no caso do governo de António Guterres o ministro Pina Moura decidiu acumular a economia com as Finanças e desvalorizou o segundo. A verdade é que no final de Cavaco Silva o défice disparou, o mesmo sucedendo com o governo de António Guterres e pouco depois com o governo iniciado por Durão Barroso e depois entregue aos cuidados de Santana Lopes.

Sem dinheiro os governos perdem credibilidade, os ministros não sabem o que fazer, a desorientação instala-se e começam a ver-se os directores-gerais e outros dirigentes cujos cargos são de nomeação política a ficarem apáticos e os assessores e adjuntos dos gabinetes governamentais a fugirem como ratazanas ou a abocanharem tudo quanto é tacho que apareça.

Sócrates arrisca-se a ter o mesmo destino, os primeiros três meses de 2011 serão uma grande dor de cabeça para o ministério das Finanças, antes de um verdadeiro impacto económico a política de austeridade terá um efeito psicológico de que resultará a retracção do consumo o que provocará perdas em cadeia nas empresas que dependem do consumo interno. O próprio Estado estará condicionado pelos cortes orçamentais e, pior do que isso, poderá ter um péssimo desempenho fiscal pois muitos portugueses tiveram um comportamento antecipacionista, as empresas anteciparam os dividendos e os consumidores as compras, o sucesso fiscal deste trimestre será compensado pelos resultados negativos do seguinte.

Mesmo que ocorra crescimento económico este será conseguido à custa das exportações, isto é, terão menos impacto fiscal do que o consumo interno. E se a actividade económica não favorecem as receitas fiscais a gestão do fisco é uma desgraça, num momento em que se exigia concentração o ministro optou pela instabilidade lançando uma fusão inútil que apenas terá como resultado a paralisação da máquina fiscal, isso para poupar 2,5 milhões de euros, números inventados por quem conseguiu enganar o ministro a dar este passo para o abismo.

Nas Alfândegas há apatia e na DGCI incerteza, o descontentamento é colectivo e a máquina fiscal foi decapitada, no caso das Alfândegas de forma premeditada, no caso dos impostos é a doença que impede o director-geral de assumir a liderança da instituição há vários meses. Como se o cenário já não fosse mau a secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais tem uma equipa de gente incompetente, inexperiente, arrogante e mal educada que a única coisa que sbe fazer é encomendar diplomas a escritórios de advogados.

2011 será um ano difícil para José Sócrates, estão reunidas as condições para cair mesmo que a oposição fique de braços cruzados.

Umas no cravo e outras na ferradura

FOTO JUMENTO

Inspiração natalícia numa montra da Rua Augusta, Lisboa

IMAGEM DOS VISITANTES D'O JUMENTO

Artes de pesca [A. Cabral]

JUMENTO DO DIA

Mário Crespo, uma espécie de jornalista ao serviço de uma espécie de televisão

Mário Crespo é demasiado ridículo para levar a sério, mas ouvi-lo armar-se em presidente do FMI e decidir quais são os países europeus que estão dificuldades tomando a iniciativa de à Grécia e Irlanda acrescentar já é demais.

Usar uma notícia para a rever incluindo a sua opinião não é fazer jornalismo é produzir um vómito jornalístico.

COICES DO DIA

1. O cão mais feio do mundo foi adoptado:

«Há vários meses num canil, o cão mais feio da Inglaterra foi finalmente adoptado. 'Doug' foi acolhido por uma empregada de café, que quis mostrar aos filhos que a aparência não é o mais importante.

Cego de um olho, com os dentes e o queixo completamente tortos, o arraçado de Pointer, de 2 anos, foi ignorado durante meses por todos aqueles que se dirigiam ao canil Mayflower, na Inglaterra, para adoptar um animal.» [CM]

2. Baixa no sindicalismo dos professores:

«João Paulo Videira, de 43 anos, abandonou a luta sindical na Frenprof e no Sindicato dos Professores da Grande Lisboa, para chefiar a Direcção de Serviços de Formação dos Recursos Humanos do Ministério da Educação.

Mário Nogueira garantiu não ter ficado incomodado mas avisou que ele próprio não o faria. "A minha consciência impedir-me-ia de passar para o lado que esmaga e que sempre combaterei", afirmou ao CM o secretário-geral da Fenprof

Videira, que integrava os dois órgãos máximos da Fenprof, reage assim. "Mário Nogueira só diz isso porque acha que os sindicatos e o Ministério da Educação têm de estar sempre de costas voltadas, com o anterior líder da Fenprof, Paulo Sucena, não havia essa perspectiva", disse ao CM, frisando: "defendo os mesmos princípios no sindicato e no ME: promover uma escola melhor".» [CM]

3. Começaram, os despedimentos no Estado?

«A CP prevê gastar 26 milhões de euros para rescindir contrato com 815 trabalhadores em 2011, de acordo com o plano de actividade e orçamento da transportadora, o que dá uma média de 58,5 mil euros por pessoa.» [DN]

4. Quanto será o défice da saúde? Pelo que a ministra diz não são os 2.000 milhões referidos pelo SOL mas andam lá perto. O problema é que quando se debatia o orçamento de 2009 a ministra disse que das contas sabia o secretário de Estado, á ministra não tem muito jeito para números:

«A ministra da Saúde, Ana Jorge, negou hoje que o défice acumulado do Serviço Nacional de Saúde ascenda a dois mil milhões de euros ou a um valor aproximado, mas sem indicar valores.» [DN]

5. Quando ouvi Maria do Carmo Fonseca dizer numa entrevista auma estação de televisão que o valor do prémio se destinava a comprar um acessório de um microscópios senti alguma revolta, com tanto dinheiro mal gasto não houve dinheiro para oa acessório?

«É a primeira mulher cientista a receber individualmente o Prémio Pessoa, o melhor galardão atribuído em Portugal da área da Cultura, das Artes e da Ciência, numa iniciativa conjunta do Expresso e da Caixa Geral de Depósitos. Maria do Carmo Fonseca dirige o Instituto de Medicina Molecular.

Maria do Carmo Fonseca, 51 anos, professora catedrática da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e diretora do Instituto de Medicina Molecular. Esta é a biografia resumida da vencedora em 2010 do Prémio Pessoa, que este ano voltou a dar destaque a trabalhos realizados no campo da Ciência. A cientista junta-se, assim, à lista de vencedores desta área, que inclui António Damásio e a mulher Hanna e Manuel Sobrinho Simões.» [Expresso]

6. O site Wikileaks está a ser atacado por vários bancos:

«O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, afirmou hoje que este está a ser alvo de ataques de vários bancos quando se prepara para divulgar documentos sobre o sistema financeiro, depois das informações sobre a diplomacia.

"Fomos atacados, não essencialmente por governos (...) mas por bancos", afirmou Assange numa entrevista ao canal de televisão norte-americano CNBC.

Entre os que estão a fazer estes "ataques" Assange apontou "bancos do Dubai, da Suíça, dos Estados Unidos, do Reino Unido", mas sem referir qualquer nome.» [Expresso]

7. Oportunismo sai caro à CML:

«Um particular vai receber da Câmara Municipal de Lisboa (CML) uma indemnização de cerca de 119 milhões de euros. Em causa está um terreno que tinha sido doado para habitação social, mas onde a autarquia permitiu que fosse construído um empreendimento de gama alta.

O coronel Romão, antigo proprietário do terreno, ganhou o caso no Supremo Tribunal de Justiça e a decisão já transitou em julgado. Porém, como o proprietário pedia uma indemnização cujo montante seria apurado apenas na execução da sentença, o STJ condenou a CML a pagar a diferença entre o valor que o terreno tinha se fosse dedicado a equipamento social e o valor que tem como terreno de habitação de gama alta. Em primeira instância o valor da indemnização foi fixado em 119 milhões de euros. » [i]

8. Barack Obama teve a mesma sorte que eu, não foi convidado para o casamento do príncipe William, será que o D. Duarte e a Lili Caneças vão?

«O Príncipe William e Kate Middleton não vão convidar o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para o seu casamento. A notícia é avançada pelo Dailymail que cita fontes próximas da família real.

Tendo em conta que William não é ainda herdeiro do trono oficial, a lista de convidados não terá todos os chefes de Estado, por não ser considerada uma "cerimónia de Estado". De acordo com o jornal, William e Kate preferem convidar cidadãos britânicos comuns a presidentes de outros países. Apesar disso, Nicolas Sarkozy e Carla Bruni estão entre os nomes presentes na lista de convidados preliminar.» [i]

9. Choveem denuncias de corrupção no Ministério Público, agora é que a Maria José Morgado se vai queixar de falta de meios para investigar tantas cartas anónimas:

«Entre privados e trabalhadores do sector público, foram tantas como 347 as queixas que chegaram à Procuradoria Geral da República (PGR) com denuncias de corrupção. Os denunciantes utilizaram a nova página da Internet, criada para facilitar este tipo de contactos com as autoridades e a PGR divulgou hoje o balanço do primeiro mês de actividade.

Do total de comunicações recebidas e já trabalhadas pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, 79 foram eliminadas e 69 arquivadas por falta de fundamento. As restantes 208 estão pendentes para investigação, mas uma delas, pelo menos, deu já origem a um inquérito e há 46 averiguações preventivas em marcha. Outras 80 foram remetidas a outras entidades, consideradas competentes para avançar com os respectivos processos.» [i]

10. Os soldados ingleses já podem fazer o serviço descansados:

«O contingente britânico no Afeganistão receberá um novo dispositivo tecnológico destinado a proteger a zona pélvica das bombas colocadas na estrada. É uma espécie de "cueca blindada".

Cerca de 45 mil pares destas cuecas especiais já foram enviados para a província de Helmand. Há mais 15 mil prontas a enviar. » [JN]

70 MILLION BY HOLD YOUR HORSES

ESTÁS A VER?

Autor: HenriCartoon via Do Outro Mundo.

O ALEGRISMO BLOQUISTA NO SEU MELHOR

(Esquerda.net via Câmara Corporativa)

Ainda vou ver o Louçã a dizer que Manuel Alegre é mais bloquista do que do PS e o candidato a ficar calado.

KARLIS KEISTERS

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Um caso de cheiro a caca

A semana passada os pasteleiros e donas de casa foram sobressaltados com a escassez de açúcar, as prateleiras das grandes superfícies ficaram com um ar africano, os merceeiros queixaram-se de que não dava para as encomendas e parecia haver um sério risco de aos amargos de boca da austeridade teríamos um sério problema devido à impossibilidade de adoçar a boca com um torrãozinho de açúcar.

Perante o pânico do país os homens da distribuição fizeram comunicado assegurando a reposição do produto uns dias depois, para de seguida assegurarem que tudo estaria normalizado no final desta semana, entretanto, os felizardos conseguiam comprar dois pacotinhos de quilo gentilmente vendidos pelo hiper em regime de racionamento. Quando tudo já estava resolvido o país percebeu que sempre há um ministro da Agricultura, o pobre homem lá apareceu a tranquilizar os portugueses, no fim da semana já teriam a boca doce.

O que ninguém explicou foi a razão de tão grave escassez de açúcar.

Pois é, o nosso Belmiro de Azevedo colocou nas suas prateleiras açúcar de beterraba vindo de Espanha que foi embalado à pressa e por isso ficou a cheirar a caca, aquilo a que vulgarmente se chama merda. Perante as reclamações tiveram que retirar o açúcar das prateleiras e como ninguém explicou aos consumidores que o açúcar do Belmiro teve de ser retirado porque cheirava a merda, deixaram no ar uma crise de abastecimento de um produto especialmente procurado nesta quadra natalícia.

Curiosamente uma televisão ainda entrevistou uma técnica da refinaria de Santa Iria de Azóia, quando o problema teria sido melhor esclarecido em Coruche, onde fica a DAE que embala o açúcar de marca branca vendido nos Continentes e Modelos e que poderá ter intermediado o negócio por falta de ramas para refinar.

Coincidência, ou talvez não, o negócio da DAE tem um cheiro parecido ao do açúcar do Belmiro, a concessão de ajudas para instalar uma beterrabeira que nunca fez falta ao país foi uma das últimas decisões de Cavaco Silva nos tempos em que Portugal era um bom aluno. Foram muitos milhões de contos para uma beterrabeira que foi entre à Caixa de Crédito Agrícola e a um operador italiano, tendo a gestão da empresa sido entregue a um tal Cabrita que era um alto responsável no ministério da Agricultura.

A DAE durou pouco, recebeu ajudas comunitárias e mandou a beterraba à fava, mas Jaime Silva que é um rapaz simpático e em tempos teve como chefe o tal Cabrita ajudou a DAE a transformar-se em refinaria com acesso à quota de ramas de açúcar (de cana). Agora parece que a empresa que Cavaco ajudou a fundar com dinheiros públicos dedica-se a fornecer a SONAE com açúcar a cheirar a caca.

Enfim, neste país há muito cheiro a caca.

Umas no cravo e outras na ferradura

FOTO JUMENTO

Cogumelos na Quinta das Conchas

IMAGEM DO DIA

Barcos no Tejo [A. Cabral]

IMAGEM DO DIA

[Lauren Jorgensen/U.S. Coast Guard/Associated Press]

«ICE HOUSE: Waves on Lake Erie crashed into the Cleveland Harbor West Pierhead Lighthouse Tuesday. Multiple layers of water froze onto the lighthouse.» [The Wall Street Journal]

JUMENTO DO DIA

Jorge Roza de Oliveira, diplomata

O diplomata Jorge Roza de Oliveira que num momento de inspiração enquanto fumava um charuto e bebia uns drinkes com diplomatas americanos chamou rottweiler a Ana Gomes não queria, antes pelo contrário, pretendia elogiar a agitada personalidade do PS. Isso porque o rottweiler até tem uma qualidade que Ana Gomes não tem, larga a presa, se a pretendesse ofender ter-lhe-ia chamado pitbull ou mesmo sarna.

«O diplomata Jorge Roza de Oliveira negou ontem ter admitido em 2007 junto do embaixador dos Estados Unidos que voos norte-americanos com prisioneiros de Guantánamo tenham sobrevoado o espaço aéreo nacional. E sobre a expressão usada para descrever a deputada Ana Gomes especifica: "Posso ter dito antes que a diferença entre um rottweiler e a eurodeputada Ana Gomes é que o rottweiler larga",» [DN]

O VERDADEIRO AUTOR D'O JUMENTO

Afinal Paulo Pinto de Mascarenhas, o ex grande (muito grande) repórter do jornal "i" agora a sobreviver no "Correio da Manhã", estava enganado, o verdadeiro Jumento não é um funcionário das Finanças, vejam quem é:

Quem o descobriu foi "O Herdeiro de Aécio".

UMA ÁRVORE DE NATAL ORIGINAL

1. Comerciante de Marco de Canavezes tiveram uma brilhante ideia para a decoração da árvore de Natal, se ideia pega ainda regressa a árvore de Natal gigante ao Terreiro do Paço, desta vez decorada com títulos da dívida pública portuguesa:

«À falta de dinheiro para comprar decorações de Natal, duas comerciantes de Marco de Canaveses decidiram enfeitar a árvores de Natal com etiquetas que ostentam os nomes de clientes devedores. Garantem que apenas colocaram os calotes mais antigos e dizem que a árvore das dívidas vai ficar na montra até ao Dia de Reis.» [CM]

2. Os EUA querem processar Assange por conspiração, um sinal da inconsistência das acusações de que é alvo na Suécia:

«A justiça norte-americana está a preparar uma argumentação contra Julian Assange. De acordo com o "New York Times", os procuradores pretendem acusar o fundador do site Wikileaks de conspiração por disseminação de documentos secretos, e já estão à procura de provas.» [DN]

3. Médicos alemães dizem ter curado um doente com sida:

«Um americano de 42 anos pode ser considerado o primeiro caso de cura de VIH. Timothy Brown, que também tinha desenvolvido uma leucemia, fez em 2007 um transplante de medula óssea e após as análises verificou-se que o vírus da SIDA tinha desaparecido.

"Os nossos resultados sugerem fortemente que a cura para o VIH foi conseguida para este paciente", lê-se no jornal médico "Blood", onde foi publicado um artigo sobre o assunto.» [DN]

4. Já não se pode beber um copo descansado

5. Com a mania de Sócrates de recorrer à política do copy/paste de tudo o que se passa na Europa o despedimento de cem mil funcionários públicos no Reino Unido é um mau presságio para a Função Pública, com o orçamento de 2011 resolvido não me admiraria nada se os disparates cometidos no próximo ano no ministério das Finanças sejam pagos com despedimentos em 2012:

«O diário britânico "Guardian" diz que pelo menos 100 mil funcionários públicos vão receber cartas de despedimento durante as próximas semanas, e que alguns departamentos estão a adiar o processo para não serem acusados de despedir na época de Natal.

O jornal explica que alguns serviços estão obrigados a apresentar cortes na despesa a partir de 1 de Janeiro e que, por isso, as cartas de despedimento estão a ser enviadas já, uma vez que o Estado é obrigado a avisar que vai despedir com 90 dias de antecedência.

Desde Outubro, o Reino Unido já cortou 33 mil empregos públicos e o governo prevê que seja possível cortar 330 mil, diminuição que, diz, será compensada por um aumento de empregos no sector privado.» [DN]

6. Agora já têm medo de Portugal ser obrigado a pedir ajuda:

«Jacques Attali, engenheiro e economista de formação e presidente do Banco Europeu para a reconstrução e desenvolvimento nos anos 90, avisa que um plano de apoio a Portugal pode suscitar novas tensões entre os parceiros europeus, sobretudo por ter implicações em Espanha. Attali reconhece que as últimas medidas de austeridade em Portugal são "drásticas" e elege a falta de competitividade como o principal problema do País, destacando ainda que os bancos portugueses não enfrentaram, até agora, problemas de maior.» [DE]

7. A Facebook é a melhor empresa para trabalhar nos EUA o que significa que é uma pena que a sede não seja em Portugal:

«A Facebook deixou para trás empresas como o Goldman Sachs, a Apple e a Google e estreou-se no topo da lista das melhores empresas para trabalhar nos EUA.

O ano de 2010 foi praticamente dominado pelo Facebook. Na mesma semana em que o co-fundador e CEO da empresa, Mark Zuckerberg, é eleito 'Personalidade do Ano', pela revista Time, a Facebook é também considerada a melhor empresa para se trabalhar, nos EUA.» [DE]

8. Descobriram que uma em cada pessoa tem o gene da infidelidade, agora não faltarão os que antes de se casarem quererão que o futuro conjugue vá fazer análises:

«Estudo norte-americano revela que uma em cada quatro pessoas possui o DR4, o gene da infedilidade, que leva as pessoas a sentir necessidade de trair os seus parceiros.

Esta pode vir a ser uma desculpa (quase) perfeita para as traições entre os casais. É que um estudo realizado numa universidade em Nova Iorque revela que existe um gene, o DRD4, que instiga as pessoas a serem infiéis. » [Expresso]

9. O banqueiro Fernando Ulrich diz que as universidades só servem para fazer licenciados e doutores, tem razão, para fazer, por exemplo, banqueiros basta se menino bem e passear pelas ruas de Cascais e do Estoril:

«O banqueiro Fernando Ulrich, presidente do BPI, acredita que as universidades portuguesas são uma peça fundamental para ultrapassar a crise, em vários sectores, mas que precisam de uma mudança na forma de agir e de pensar.

"Por vezes fico com a sensação que as comunidades universitárias existentes no nosso país não fazem tudo o que poderiam fazer, nos seus domínios de especialidade, para esclarecer a sociedade portuguesa e melhorar a qualidade e o rigor dos debates públicos sobre as questões relevantes para o progresso de Portugal", criticou, num discurso como presidente do Conselho Geral da Universidade do Algarve, que ontem assinalou o seu 31.º aniversário» [Expresso]

10. Namorada de Putin é capa da Vogue russa:

«A ex-ginasta Alina Kabayeva, alegada namorada do actual primeiro ministro russo Vladimir Putin, foi capa da edição russa da famosa revista de moda Vogue. Putin não assume o namoro e a revista, que foi para as bancas na passada quarta-feira, já está a criar polémica.» [i]

11. Árvore de Natal num hotel do Dubai custou mais de nove milhões de euros:

«O Hotel Emirates Palace, em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, decidiu dar as boas-vindas à época natalícia de forma luxuosa e apresentou ontem, quarta-feira, uma árvore de Natal no valor de mais de nove milhões de euros...

"É a "árvore de Natal mais cara de sempre. Tem um valor de mais de nove milhões de euros", fez questão de salientar Hans Olbertz, director-geral deste hotel , na cerimónia de inauguração. "Este ano queríamos ter algo diferente", acrescenta.» [JN]

12. Pergunta maldosa. Alguém conseguiu assistir até ao fim ao debate entre Defensor de Moura e Manuel Alegre sem se deixar dormir?

13. Anda por aí muita gente a criticar as energias renováveis e a sugerir o nuclear, cheira-me que depois dos fundos comunitários e do negócio da SLN o que vai dar é uma central nuclear...

14. Os portugueses acham que quem nasce pobre morre pobre, estão redondamente enganados, quem em Portugal nasce pobre morre ainda mais pobre, pelo menos em termos relativos isso é quase verdade:

«Os portugueses parecem acreditar pouco na ascensão social. Quando questionados sobre quais as razões porque as pessoas são pobres, o facto de se crescer numa família com necessidades e de não se ter recebido apoio dos familiares e amigos nas alturas certas é a principal explicação avançada. Uma percepção que diverge da média da UE que aponta antes para a falta de qualificações como o principal motivo da pobreza.» [Público]

15. Francisco Lopes acha que Portugal deveria ser indemnizado por ter entrado no euro, o candidato do PCP esqueceu-se da entrada para a CEE, das invasões francesas e do mapa cor-de-rosa:

«O candidato presidencial Francisco Lopes defendeu hoje que Portugal nunca deveria ter entrado no Euro e que devia ser indemnizado pelos custos que isso teve para o país.» [Público]

2010 IN PHOTOS [Boston.com 1 2 3]

VITALIY SOKOL